Resenhas

[Resenha] A Grande Ilusão, Harlan Coben

Na resenha de hoje vamos falar da minha primeira experiência de leitura com o autor Harlan Coben. Recebi o livro em acerca com a Editora Arqueiro e simplesmente virei fã do autor, logo no primeiro livro.


Maya Stern é uma ex-piloto de operações especiais que voltou recentemente da guerra. Um dia, ela vê uma imagem impensável capturada pela câmera escondida em sua casa: a filha de 2 anos brincando com Joe, seu falecido marido, brutalmente assassinado duas semanas antes.
Tentando manter a sanidade, Maya começa a investigar, mas todas as descobertas só levantam mais dúvidas.
Conforme os dias passam, ela percebe que não sabe mais em quem confiar, até que se vê diante da mais importante pergunta: é possível acreditar em tudo o que vemos com os próprios olhos, mesmo quando é algo que desejamos desesperadamente? 

Para encontrar a resposta, Maya precisará lidar com os segredos profundos e as mentiras de seu passado antes de encarar a inacreditável verdade sobre seu marido – e sobre si mesma.


“As mentiras não morrem nunca. Você pode até tentar sufocá-las, mas elas sempre encontram um jeito de voltar à vida.”

Logo quando comecei a leitura, pesquisei algumas resenhas de amigas blogueiras que amaram a leitura. Os principais comentários eram sobre o final surpreendente, logo, já fiquei preparada para o impacto.

IMG_20170625_112846216.jpg

Antes de mais nada, preciso fazer alguns comentários sobre a escrita envolvente do autor e a criação dos personagens. Maya é uma mulher incrível, determinada a descobrir os responsáveis pelo assassinato do marido e da irmã; Ela também é extremamente inteligente e não desiste de procurar os responsáveis. Além disso, Maya é um tanto quanto misteriosa, tanto para os outros personagens, quanto para o leitor. Muitas vezes tive a sensação de que ela sabia mais do que o narrador relata ao longo do livro e, na maioria das vezes, eu estava certa. Fiquei incomodada com esse jeito da personagem, de nunca confiar em ninguém e sempre contar apenas meias verdades.

” Dizem que não é possível enterrar o passado. Talvez seja verdade, mas o que significa de verdade é o seguinte: os traumas do passado reverberam e ecoam até o presente e assim permanecem vivos.”

 A escrita prende o leitor desde o começo e nos sentimos dentro do livro, tão confusos quanto Maya ao se deparar com pistas que confundem e não levam a lugar nenhum. Eu tenho o hábito de ler livros policiais e, mesmo assim, o fim não foi previsível para mim. Me vi diversas vezes tentando criar teorias, juntar as pistas, mas sem sucesso.

“Seria possível confiar no juízo de uma pessoa assim? Uma pessoa perseguida pela morte, uma pessoa que conseguira enganar até os seus entes mais próximos, fazendo-os acreditar que sua condição tinha origem,pelo menos parcialmente, na culpa:”

O final foi realmente inesperado, mas não tão surpreendente (pois eu já estava com o colete à prova de baque). Realmente nada é o que parece na história e muitos personagens e histórias são uma Grande Ilusão. A revelação dos fatos e os culpados foram uma surpresa para mim e gostei como o autor nos conduziu ao final.


2421314112731GO Autor

Harlan Coben foi o primeiro autor a vencer os três prêmios mais prestigiados da literatura policial nos EUA, o Edgar Award, o Shamus Award e o Anthony Award, encontrando-se actualmente traduzido em cerca de 37 línguas e contando com mais de 20 milhões de exemplares vendidos. A crítica, desde o New York Times, ao Wall Street Journal ou ao Le Monde, tem-lhe dispensado as mais elogiosas referências.


FICHA TÉCNICA

Título: A Grande Ilusão

Autor: Harlan Coben

ISBN:  9788580417234

Editora: Arqueiro

Ano: 2017

Número de páginas: 304

Área principal: Suspense Policial / Literatura Estrangeira / Romance

Classificação: 5 estrelas

post-por-jessica-01


Anúncios

18 comentários em “[Resenha] A Grande Ilusão, Harlan Coben

  1. Oiii Jéssica tudo bem?
    Estou no mesmo barco que você, porém eu nunca li nenhum livro ainda de sua autoria, fiquei bem surpresa com a história e sei que deve ser um suspense policial de tirar o fôlego, quero muito ler e foi uma surpresa encontrar a foto do autor, pois nunca havia o visto.
    Beijinhos

    Curtido por 1 pessoa

  2. Oie
    Eu ainda não li nada dele, infelizmente, pois só ouço bons comentários.
    Espero que minha primeira experiência também seja satisfatória como foi a sua. Gostei bastante das suas impressões sobre esse livro e fiquei muito instigada a ler. Adoro finais surpreendentes.
    Bjo

    Curtido por 1 pessoa

  3. Oi,
    Ainda não li nada do autor.
    Sempre vejo as pessoas falarem muito bem, mas por não ser um gênero que eu goste muito em livros fico com receio de ler.
    Gostei bastante da sua opinião sobre a leitura. Bom saber que a escrita prende o leitor.

    Curtido por 1 pessoa

  4. Nunca havia me interessado por esse livro até agora.
    Sua resenha fez com que o mistério que envolve a história, ficasse mais intrigante e eu fiquei super curiosa pra conferir essa trama.
    Muito boa sua resenha, moça! Adorei de verdade! Beijinhos!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não li nada do autor, mas acredita que estive com esse livro em mãos hoje e não comprei? Acabei de me arrepender kkkk.
    Não sei por quê, tenho uma certa relutância em ler os livros do Harlan Coben, mas sua resenha me deixou realmente curiosa para ler este. Mesmo que o final não tenha sido tão impactante, deu para perceber que o autor conseguiu fugir de um desfecho previsível e te surpreender.
    Adorei sua resenha e vou deixar a dica anotada.
    Beijos!

    Curtir

  6. Oiii!

    Eu gosto bastante da escrita do autor. É como se eu tivesse com um filme na minha cabeça! Gostei de ler sua resenha e espero ler essa obra tbm. O final ser surpreendente é maravilhoso ❤

    Beijinhos,

    Curtido por 1 pessoa

  7. oieeee
    tenho dois títulos desse autor, porém não li ainda, dizem muitas coisas positivas sobre a escrita dele, mas ainda não tive tempo de conferir
    adorei sua resenha e seu ponto de vista
    espero conferir em breve
    beijos

    Curtido por 1 pessoa

  8. Oi Jéssica, sua linda, tudo bem?
    Adoro tramas policiais e as histórias em que as pessoas e os fatos não são nada do que imaginamos são as mais surpreendentes. O que levanta uma questão: nós não sabemos quem realmente está do nosso lado, e isso é assustador! Não vejo a hora de descobrir o motivo da morte do marido. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

  9. Olá!
    Todos falam super bem desse autor, mas ainda não tive a oportunidade de ler nada dele. Parece mesmo uma narrativa bem linear e gostosa de acompanhar. O Gênero não é um dos meus preferidos, mas a construção da história com certeza me chama a atenção.
    Beijos.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s