Resenhas

[Resenha] Amizade também é amor, Fabrício Carpinejar

Oi, gente!!

Como vocês estão? O post de hoje é mais uma resenha de um livro que recebemos da parceria com o Grupo Editorial Record e preciso dizer que essa parceria está me saindo melhor que a encomenda! Só livro massa!! rs  🙂

O novo livro de crônicas de Carpinejar em seu novo livro de crônicas, Carpinejar não fala de amor, mas de amizade. São 122 textos ao longo de mais de 200 páginas que combinam reflexões de companheirismo e humor do cotidiano com lembranças da infância e um ou outro conselho sobre convivência. “Os amigos são para toda a vida, ainda que não estejam conosco a vida inteira. Amigo é destino, amigo é vocação”, escreve.

19551569_1560547583976477_738232100_o

Primeiro um comentário a respeito da edição que está impecável, capa simples e lindíssima!

Minhas experiências com livros de crônicas até hoje foram muito boas! Essa não foi diferente! Nessa seleção de 122 crônicas muito agradáveis e de facil leitura o autor proporciona que o leitor reviva momentos e memórias através das situações retratadas no livro, vividas pelo autor. É impossível não se identificar com alguma coisa do livro, além disso é um convite a refletirmos sobre nossos valores e conceitos – aquilo que consideramos como importante e essencial em nossas vidas.

O orgulho é um capricho, o amor é destino.

O orgulho é ego, o amor é generosidade.

O orgulho é mágoa, o amor é reconciliação.

O orgulho é ressentimento, o amor é fé.

O orgulho é se prender ao passado, o amor é escolha.

O orgulho é impor o seu projeto, o amor é alterar o seu projeto de acordo com a necessidade.

O orgulho se veste de amor, finge que é amor, é o clone do amor, é o sósia do amor, mas não é amor, é o fracasso do amor.

O orgulho é tão somente um ódio frio.

A leitura do livro é extremamente fluida (e rápida), não há muito o que comentar a respeito da escrita de Carpinejar: muito objetiva, poética e rica em sensibilidade. Esse não é, necessariamente, um livro para ser lido todo de uma vez – apesar que, depois que você começa a vontade é ir de uma vez, até o final! Dá pra deixar do lado da cama, ler uma ou duas crônicas por dia e ir curtindo o livro aos poucos.

Eu reverencio a rotina, que nunca é repetir o que não se gosta, mas repetir todo o dia o que se gosta muito.

Uma obra cheia de emoção e reflexão! Transparece o cuidado e o amor com que foi escrita. Recomendo pra quem gosta de crônicas e livros que falam de relacionamentos, (seja com um amigo, com um vizinho, com o marido/mulher…) e para quem tem vontade de conhecer mais da literatura nacional contemporânea – da mais alta qualidade! Ah. uma ótima opçcão de presente – pro amigo, pra namorada, pra mãe, pro pai…  #ficaadica rs


O AUTOR:

Foto -Fabrício Carpinejar

Fabrício Carpi Nejar, ou Fabricio Carpinejar, como passou a assinar em 1998 (Caxias do Sul, 23 de outubro de 1972) é um poeta e jornalista brasileiro. Filho dos poetas Carlos Nejar e Maria Carpi, adotou a junção de seus sobrenomes em sua estréia poética, As solas do sol, de 1998. Em 2003 publicou, pela editora Companhia das Letras, a antologia Caixa de sapatos, que lhe conferiu notoriedade nacional. Desde maio, mantém a coluna que antes era ocupada por Moacyr Scliar no jornal Zero Hora. É mestre em Literatura Brasileira pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.



 

FICHA TÉCNICA:

Título: Amizade também é amor

Autor: Fabrício Carpinejar

ISBN: 9788528621921

Editora: Bertrand Brasil

Ano: 2017

Número de páginas: 287

Área principal: Crônicas

Classificação: 5 estrelas

post-por-laura-01

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s