Sobre Séries

[Sobre Séries] Black Mirror

Você já pensou em como seria sua vida se a tecnologia permitisse que você gravasse todas as suas lembranças?

E se a sua situação financeira dependesse do quanto as pessoas gostam de você? De quantos “likes” você tem nas redes sociais?

Hoje na coluna Sobre Séries vamos falar sobre uma original Netflix que está enlouquecendo diversos telespectadores ao redor do mundo. Tenho certeza que sua concepção sobre tecnologia x sociedade irão mudar radicalmente.

Black Mirror é uma aclamada série da televisão britânica antológica criada por Charlie Brooker, que apresenta ficção especulativa com temas sombrios e as vezes satíricos que examinam a sociedade moderna, especialmente no que diz respeito às consequências imprevistas das novas tecnologias.  Black Mirror explora sensações do mal-estar contemporâneo. Cada episódio conta uma história diferente, traçando uma antologia que mostra o lado negro da vida atrelada à tecnologia.   

Sinopse da internet.

O nome Black Mirror, em português Espelho Negro (tradução livre), faz uma alusão às telas dos aparelhos eletrônicos, que são negras quando estão desligadas. O próprio criador, Charlie Brooker, explicou para o The Guardian:

“Se a tecnologia é como uma droga – e ela parece com uma droga – quais são precisamente os efeitos colaterais? Essa área entre o prazer e o desconforto é onde Black Mirror, minha nova série dramática, está situada. O “espelho negro” do título é aquele que você irá encontrar em cada parede, em cada mesa, na palma de cada mão: a fria e brilhante tela de uma TV, monitor, smartphone.”

Se eu pudesse definir Black Mirror com uma palavra, seria: “reflexiva”.

Depois de alguns episódios eu ficava horas e horas pensando na crítica que ele trazia. Muitas vezes percebi que a realidade dos personagens não está tão longe da realidade atual: popularidade, poder da influência de massas, tecnologias invasivas, “vida” após a morte e julgamento da vida alheia são alguns dos temas abordados na série.

Cada episódio é independente, com personagens que nunca se repetem, apesar de existirem algumas referências a outros episódios em quase todos eles. O universo criado também varia: alguns episódios seguem o tom de sátira, que parecem um absurdo comparado a realidade, enquanto outros parecem que podem acontecer a qualquer momento de nossas vidas.

Ao todo a Netflix já disponibilizou 3 temporadas, cada uma com poucos episódios (de 3 a 6 episódios por temporada) e com duração que varia de 40 a 70 minutos cada. Dá pra maratonar muito rápido e ficar com vontade de assistir mais.

É importante dizer também que alguns episódios são extremamente chatos de assistir, principalmente os que contêm um aspecto mais cômico. O conselho que eu dou é que vocês deem uma chance ao episódio. Acredito que todos têm algo a acrescentar no fim em relação a critica, até mesmo os mais chatinhos, que você não entende nada quando começa.

Melhores Episódios

Na minha humilde opinião os melhores episódios são:

  • Shut Up and Dance/ Manda quem Pode (Temporada 3, Episódio 3)

Resumo: Um jovem tem seu computador invadido e precisa decidir entre obedecer cegamente às ordens dos hackers ou ver sua intimidade exposta para sua família.

1477475621_736580_1477480498_sumario_normal_recorte1.jpg

Gostei desse episódio porque, depois que terminei de assistir, fiquei horas pensando sobre ele. No início fiquei com raiva dos hacker’s que chantageiam o mocinho e torci pra ele o tempo todo. Quando chegamos ao final do episódio, não sabemos mais no que pensar! Não posso falar mais para não dar spoilers. As principais críticas são a respeito da privacidade e ao quanto estamos expostos nos dias de hoje. Qualquer um pode ter seu computador/celular hackeado e ter intimidades expostas. Até onde você iria para esconder seus segredos?

  • White Bear/ Urso Branco (Temporada 2, Episódio 2)

Resumo: Victoria acorda e não se lembra de nada sobre a sua vida. Todos que encontra se recusam a falar com ela.

Black-Mirror-2-White-Bear.jpg

Esse episódio também é fantástico pois só compreendemos a verdade no final. De início acreditei que era uma crítica ao quanto estamos fixados em registrar tudo com o celular, seja uma coisa engraçada ou uma tragédia, sem nos preocuparmos com o bem-estar do outro que está sendo filmado. Quantas vezes você já recebeu vídeos de mortes e acidentes horríveis pelas redes sociais? Será que quem registrou aquele momento estava preocupado com a gravidade da situação? Com a dor dos familiares que veriam aquela cena?

 “White Bear” vai muito além disso, criticando também a tortura, a justiça com as próprias mãos, e o mundo onde o que importa é a audiência. Me lembrei muito do filme “O Abutre” ao assistir esse episódio.

Pior Episódio

  • Waldo Moment/ Momento Waldo (Temporada 2, Episódio 3)

Resumo: Um comediante fracassado que dubla um urso animado se envolve em uma trama política quando seu personagem se candidata a um cargo público.

edit-wide-4238-1419872292-9

Eu consegui compreender a crítica do episódio que é pautada no cenário político mundial em que as pessoas preferem votar em um urso azul do que votar em políticos mentirosos e corruptos. Waldo representa o voto nulo, o voto de protesto, mas o episódio não cativa o telespectador. O urso azul é insuportável, com piadas de mal gosto, que atacam o pessoal dos outros candidatos.


Avaliação do Rotten Tomatoes

Sem título.png

*”Rotten Tomatoes” é um site americano especializado em críticas, resumos, informações e novidades sobre filmes. Basicamente, ele junta os comentários dos maiores críticos do mundo e faz automaticamente uma parcial de acordo com a classificação atribuída.

Espero que tenham gostado da dica e que assistam Black Mirror. Eu já indiquei para vários amigos! Depois me contem o que acharam da série. Só mais um aviso: CUIDADO PARA NÃO DERRETER O CÉREBRO COM OS EPISÓDIOS! (risos)

E você que já assiste Black Mirror, o que achou dos episódios que eu escolhi? Vamos conversar nos comentários!

Não se esqueça de curtir nossa página do Facebook para ficar por dentro do melhor conteúdo em séries e livros! Siga-nos também no Instagram!

Facebook | Instagram

Sem Título-2

 

Anúncios

15 comentários em “[Sobre Séries] Black Mirror

  1. Já tinha ouvido falar da série, mas continuo não me interessando muito por ela. O enredo com certeza deve trazer muitas reflexões, ainda mais pela vida que levamos, pelo menos tem isso de bom.
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  2. Olá! Menina, todo mundo está falando dessa série! Preciso muito assisti-la! Sabe, esse enredo me fez lembrar de um livro que também trata desse assunto de redes socais controlando a vida das pessoas, mas não consigo lembrar o título! Será que Black Mirror é baseada em algum romance?
    Bjss

    Curtido por 1 pessoa

  3. Oieee
    Tudo bom?
    Já tinha ouvido falar da série, mas nunca tinha dado bola por não ter Netflix, mas como agora a realidade é outra, fiquei fascinada pelo universo que descreveu aqui e essa semana começo a assistir.
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  4. Oii, tenho visto vários posts sobre essa série e confesso que fiquei bastante curiosa, ainda mais depois de ler sua indicação aqui. Porém acho que estou entre as poucas pessoas que ainda não aderiram a mergulhar nesse mundo de séries… Meu tempo livre é muito curto e prefiro aproveitá-lo com as leituras. Parabéns pelo post, ficou show.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Olá!
    Vários amigos meus já assistiram mas eu ainda não tive coragem de começar hahaha Mas sem dúvida parece ser uma série maravilhosa, já que todos falam muito bem, sem falar nessas críticas que são colocadas nos episódios de maneira sensacional.
    Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  6. Oiii. Primeiramente, amooo esta série. Ela se tornou uma das minhas favoritas. Cada episódio me impactou de alguma forma e me fez pensar por dias. Alguns martelam até hoje na minha cabeça. É aquele tipo de programa que todos deveriam assistir, até mesmo os preguiçosos ( preguiça de pensar) Pois as histórias trazem várias críticas e todas sensacionais. E confesso que também é a série mais assustadora que já vi. Amo, amo e amoo. Super indico para todo mundo também. ❤

    Curtido por 1 pessoa

  7. Assisti o primeiro episódio da primeira temporada. O político tem que @#$# com a porca. Pesado…
    Assisti o segundo … ridículo.
    Larguei de mão.
    Assistam Orphan Black, House of Cards, The Killing, Stranger Things, Damage, Breaking Bad.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s