Resenhas

Resenha A Volta ao Mundo em 80 Dias, Júlio Verne

Quem não sonha em dar a volta ao mundo?

Conhecer lugares, línguas e costumes totalmente diferentes dos nossos! Sair da rotina é sempre bom, não é mesmo?

Isso é uma coisa que quase todo mundo gostaria se tivesse o dinheiro e a oportunidade de fazê-lo. Esse não é o caso de Mr Fogg, um homem rico e respeitável que prefere uma vida regrada, com rotinas e horários e que por uma boa quantia em dinheiro e seu nome em jogo, resolve dar a volta ao mundo em 80 dias!

Esse livro teve o poder de despertar o adormecido espírito de aventura em mim!

A volta ao mundo em oitenta dias é um clássico do escritor Frances Júlio Verne. Além dessa obra, ele também é o autor do tão conhecido “Viagem ao Centro da Terra” e de muitas outras obras de sucesso.  É considerado por críticos literários o pioneiro no gênero de ficção científica, tendo feito “adivinhações” ou até mesmo “criações” em seus livros sobre o aparecimento de novos avanços científicos, como os submarinos, máquinas voadoras e a “impossível” viagem à Lua.

Até hoje Júlio Verne é um dos escritores cuja obra foi mais traduzida em toda a história, com traduções em 148 línguas, segundo estatísticas da UNESCO, tendo escrito mais de 100 livros! (Uau!)

download (8)Verne_Tour_du_Monde

Há algum tempo que eu tinha dado uma pausa nos livros de aventura. O último que eu li do gênero foi “O Símbolo Perdido” (que não me empolgou além do normal) e já não me recordava mais como eu gosto desse gênero, sendo um dos meus favoritos!

Como eu já havia dito antes, esse livro conta a história de Mr. Fogg que embarca em uma aventura depois de apostar com seus amigos que conseguiria dar a volta ao mundo em oitenta dias. Junto de seu criado que acabara de contratar, Passepartout,  Mr. Fogg embarca em uma corrida contra o tempo cheia de contratempos.

Enquanto viaja para cumprir sua jornada, Mr. Fogg é perseguido pelo inspetor de polícia Mr. Fix que acredita veementemente de que Mr. Fogg é um ladrão de banco e que a viagem trata-se de um pretexto para a fuga.

Dá pra acreditar que esse livro foi lançado em 1873?

Um resumo do roteiro de viagem.

De Londres – a Suez – paquete e caminho-de-ferro 7 dias
De Suez a Bombaim – paquete 13 dias
De Bombaim a Calcutá – caminho-de-ferro 3 dias
De Calcutá a Hong Kong – paquete 13 dias
De Hong Kong a Yokohama – paquete 6 dias
De Yokohama a São Francisco – paquete 22 dias
De São Francisco a Nova Iorque – caminho-de-ferro 7 dias
Nova Iorque – Londres: paquete, caminho-de-ferro 9 dias
Total: 80 dias
Mapa da Viagem
Mapa da Viagem

No começo, não estava muito empolgada com a história. Demorei um pouco a me acostumar com a escrita do Julio Verne. A edição que li, preservava muitas palavras da língua inglesa (o que eu achei uma graça) como, por exemplo, ”Gentleman”, “Mr”, “Mrs”, nomes próprios e outros.  Essas palavras no começo soam de forma estranha, mas ao longo do livro o texto flui facilmente e não é necessário um vasto conhecimento de inglês para entender essas palavras tão simples. Outro fato da escrita que me chamou a atenção foi o não uso do travessão para expressar diálogos. Isso faz com que todo o livro pareça uma história contada por nossos pais na hora de dormir.

Todos os personagens são bem construídos e a história é bem ambientada, com uma boa riqueza de detalhes (e muitas ilustrações) que fazem com que você imagine exatamente a cena narrada. Adorei o Passepartout, sua fidelidade a um homem que acabara de conhecer, e sua personalidade, que acrescenta um toque cômico à narrativa.

Uma coisa que me deixou “chateada” foi que, apesar de dar a volta ao mundo, Mr. Fogg  não se interessava em conhecer os lugares por onde passava durante a viagem. Ele só se preocupava em cumprir prazos, pegar a próxima condução e chegar logo à Inglaterra. Isso é uma pena, mas faz parte da personalidade dele, uma pessoa sempre calma e centrada.

images (1)
Passepartout correndo!!

Confesso que várias vezes me peguei rindo no ônibus de algumas cenas (risos). Quando o livro chegou a 90% eu não quis ler mais, fiz suspense por mais um dia, pois a história estava tão boa que eu não queria que acabasse!

Você vai se surpreender com os momentos finais! O desenrolar da história foi tão bem feito, que quando cheguei ao final não esperava nada do que aconteceu. O final realmente me surpreendeu e me deixou feliz da vida! (risos)

Esse livro é um grande desafio para uma época em que os meios de transporte eram escassos. Pense em todos os lugares que poderíamos conhecer em 80 dias?

Não é atoa que “A Volta ao Mundo em 80 Dias” é um clássico da literatura mundial. Por isso, vai levar 5 estrelinhas. Super recomendo a leitura!

Agora fica a pergunta: Em quanto tempo poderíamos fazer a volta ao mundo nos dias atuais?

globo-iluminado-18120979

Estou aguardando sua opinião!!

FICHA TÉCNICA

Título: A Volta ao Mundo em 80 Dias (Le Tour Du Monde en 80 Jours)

Autor: Júlio Verne

ISBN: 9788599187371

Editora: Universo dos Livros

Ano: 2006

Número de páginas: 238

Área principal: Aventura, Romance.

Classificação:5 estrelas

Clique no Banner e Curta nossa Fan Page no Facebook!!
Clique no Banner e Curta nossa Fan Page no Facebook!!
Anúncios

5 comentários em “Resenha A Volta ao Mundo em 80 Dias, Júlio Verne

  1. Nossa! Menina… como vc escreve bem! Tô pasma! Hahaha
    Eu amei essa resenha! Me deu vontade de ler o livro e tal. Esse escritor é o mesmo que fez “20 mil léguas submarinas” né?!
    Nossa… eu acho q com a tecnologia dos dias atuais podemos dar à volta ao mundo em 2 semanas! Mas seria bom mesmo usar os 80 dias e apreciar todas as coisas q o Mr. Fogg deixou passar batido! *—*
    Parabéns pelo blog! Continue escrevendo (:
    Bjos

    Curtido por 1 pessoa

    1. Lívia muito obrigada.!!Você não sabe como é bom ouvir isso! Continue acompanhando o blog =D
      Bom acho que duas semanas é muito pouco tempo! bom mesmo seria passar 80 dias viajando pelo mundo (meu sonho!)
      O Júlio Verne deixou uma coleção imensa de livros. O “20 mil léguas submarinas” é um deles… cada um melhor do que o outro! Quero ler em breve “Viagem ao centro da terra” e “A ilha Misteriosa”…quem sabe não vira uma resenha?!
      Bjos

      Curtido por 1 pessoa

  2. O interessante deste livro é o conhecimento, no qual o Julio Verne têm! Podem observar que o Julio sabia muitos locais e a coisa é no máximo, ele foi aos Estados Unidos! O que é super impressionante (isso no século XIX!). Além disto, ele tem um ótimo poderio de leitura. Não!?
    Uma coisa que eu queria também aproveitar era para elogiar a autora desta resenha! Muito bem feita!

    Um abraço de,
    Hugo Barros.
    *Visitem meu blog: falodtd.blogspot.com.br

    Curtido por 1 pessoa

  3. Meu Deus, amei essa resenha, super perfeita. recebi o livro a umas semanas atras como paradidatico da escola, mas estava super desinteressada. desde uns tres dias atras resolvi pesquisar sobre ele, mas nenhum(a) resumo/resenha me agradava, a sua foi a melhor, detalhada e muito bem escrita, ou melhor, digitada. me ajudou bastante e acabei ficando interessada.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s